Jesus Cristo, nosso Mestre.

Jesus Cristo, nosso Mestre.
"E ninguém toma para si esta honra, senão o que é chamado por Deus, como Aarão". (Hebreus 5:4) – “Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz". (I Pedro 2:9)

Usos Positivos da Internet

A Internet permite acesso instantâneo a diversos recursos que podem fortalecer e enriquecer nossa vida. Muitos sites espiritualmente edificantes proporcionam orientação e inspiração. As ideias a seguir podem ajudá-lo a ficar conectado à realidade sem se desconectar completamente do que a Internet tem a oferecer de bom.

Fixar Limites de Tempo
Rebecca Renfroe, de Idaho, EUA, costumava
escrever em seu blog e ler blogs de outras pessoas quase todos os dias. Sua mente estava sempre no modo “redigir” — escrevendo mentalmente um blog sobre o que estava fazendo com os filhos em vez
de simplesmente aproveitar o momento. Ela
acabou percebendo que era preciso haver equilíbrio.
Relatou: “O Espírito me ajudou a reconhecer que ter um blog não era o problema — e sim dedicar-lhe tempo em demasia. Eu literalmente abdicara de partes de minha vida: abrira mão de tempo de qualidade com os filhos e o marido, deixara de lado um estudo sério e aprofundado das escrituras e até perdera horas de sono, o que afetava minha capacidade para servir ao próximo, ser sensível ao Espírito e manter um estilo de vida saudável”.
A irmã Rebecca aprendeu a não deixar coisas boas tomarem o lugar de coisas melhores, conforme aconselhou o Élder Dallin H. Oaks, do Quórum dos Doze Apóstolos: “O mero fato de algo ser bom não quer dizer que tem que ser feito. (…) Claro que é bom participar de diversões saudáveis ou obter informações interessantes; mas nem todas as coisas dessa natureza merecem a porção da nossa vida que lhes dedicamos. Algumas são melhores, e outras, melhores ainda”. 1

Escolher Sites Edificantes
Amy Paulsen, de Washington, EUA, gosta de sites da Internet criados por outras mães com ideias para aulas e atividades para ensinar os princípios do evangelho às crianças. Quando ela precisa de auxílios visuais, procura na Internet obras de arte para imprimir. Quando precisa de ideias, acha links para artigos de revistas da Igreja, discursos de conferência e manuais on-line.
“A Internet vem ajudando a mim e a meu marido a preparar noites familiares significativas para nossos filhos”, diz a irmã Amy.
“Também é reconfortante saber que há tantas outras mães espalhadas pelo mundo que também ensinam ‘seus filhos a orar e a andar em retidão perante o Senhor’” (D&C 68:28).

Usar a Internet para Partilhar o Evangelho
Um membro da Igreja, Lin Floyd, de Utah, EUA, criou um site de história da família com fotografias e histórias de antepassados. Esse site e outros semelhantes vêm ajudando pessoas a aprenderem mais sobre a Igreja e sua doutrina. Algumas sentiram o desejo de serem batizadas ou voltaram à atividade na Igreja.
Outras acham recursos para fazer a história da família, subsidiar seus chamados e fortalecer o casamento.
Há muitas coisas positivas que podemos fazer com o uso da Internet. Ao fixar limites para o uso da Internet — assegurando-se de que os sites que você visitar ampliem a mente, aumentem suas oportunidades e
nutram a alma — a Internet poderá ser um recurso excelente para enriquecer sua vida pessoal e fortalecer a família. ◼

Nota 1. Dallin H. Oaks, “Bom, Muito Bom, Excelente”, A Liahona, novembro de 2007, pp. 104, 105.

A Melhor Escolha

“Certifique-se de que as escolhas que você faz ao usar a Nova Mídia sejam escolhas que ampliem a mente, aumentem as oportunidades e nutram a alma.”
Élder M. Russell Ballard, do Quórum dos Doze Apóstolos, “Compartilhar o Evangelho Usando a Internet”, A Liahona, junho de 2008, N1.