Jesus Cristo, nosso Mestre.

Jesus Cristo, nosso Mestre.
"E ninguém toma para si esta honra, senão o que é chamado por Deus, como Aarão". (Hebreus 5:4) – “Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz". (I Pedro 2:9)

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Chamada da Gláucia para a Faculdade de Teologia

EIS O RESULTADO DA APROVAÇÃO DA GLÁUCIA PARA CURSAR A FACULDADE DE TEOLOGIA.
(SENTIDO ÚNICO UNIVERSIDADE METODISTA)

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Rua do Templo de Campinas recebe novo nome

Templo de Campinas

A Rua do Templo de Campinas recebeu um novo nome que agora é Rua James Esdras Faust que fica no bairro Notre Dame em Campinas, SP cujo CEP é 13092-820, segundo o site dos correios.

Fonte: http://portalsud.com.br/newssmith/ler.php?conteudo=638&sessao=Brasil&origem=boletim

quinta-feira, 22 de julho de 2010

PARABÉNS!

(Olha só a cara de felicidade dela)

Vai fazer faculdade de Teologia
na Sentido Único Universidade Metodista.
PARABÉNS, MINHA NÊGA, VOCÊ MERECE. BEIJOS.

sexta-feira, 16 de julho de 2010

AONDE IREMOS CHEGAR?

Jornal O Povo
15/07/2010 - Quinta Feira

MPE investiga declarações de Lula sobre Dilma

Na ocasião, Lula teria feito propaganda para a candidata petista à Presidência da República, Dilma Rousseff

15/07/2010 18:22

   A vice-procuradora-geral Eleitoral, Sandra Cureau, disse que o Ministério Público abriu uma ação de investigação eleitoral para apurar suposta prática de abuso de poder político e econômico do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em discurso realizado no lançamento do trem- bala, na última terça-feira, 13. Na ocasião, Lula teria feito propaganda para a candidata petista à Presidência da República, Dilma Rousseff.
   Para Cureau, o fato de o presidente ter repetido as menções à Dilma no pedido de desculpas, na quarta-feira, 14, foi um agravante. Apesar de ainda não ter checado as mídias dos eventos, uma vez que teve conhecimento dos fatos somente pelos jornais, Sandra acredita que o presidente violou a Legislação Eleitoral.
   Segundo a procuradora, a atitude do presidente Lula pode gerar a cassação do registro de candidatura de Dilma, ou do diploma, caso a ex-ministra seja eleita. “Até porque a jurisprudência do TSE já está pacificada no sentido de que se há um candidato beneficiado pelo mau uso da maquina pública, na verdade não é necessário a participação direta desse candidato no ilícito”, afirmou.
   No caso de Lula, Cureau afirmou que caso seja confirmada a prática de abuso de poder político - e econômico, já que um evento oficial envolve gasto do Erário público –, o presidente pode ficar inelegível. A Lei Eleitoral diz que agentes públicos que fazem propaganda de candidatos em eventos oficiais estão sujeitos a multas de até cerca de R$ 100 mil, que podem ser dobradas em caso de reincidência, e também a condenação por improbidade administrativa, o que pode gerar inelegibilidade por até oito anos.
   A representante do Ministério Público acredita que a situação agora é mais grave que a prática de propaganda extemporânea, pela qual o presidente Lula Já foi multado por seis vezes apenas neste ano. “Eu não me arriscaria em dizer que ele está peitando a Justiça, o que eu disse já uma vez. Na verdade ele não consegue deixar de dizer, ele acaba falando. Mas eu não arriscaria interpretar o que vai no âmago dele, porque ele faz isso”, disse Cureau.

Agência Brasil

DESESPERO DE CAUSA?

LULA TEM DADO PÉSSIMO EXEMPLO AO DESRESPEITAR A LEI, SOMENTE NESSE ANO, POR SEIS VEZES, QUE TRISTE!

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Pastor Napoleão Bonaparte - Dep. Estadual - PRB-SC - Nº 10.777


Apresento-vos meu primo, Pr.  Napoleão Bonaparte.

Candidato a Deputado Estadual pelo estado de Santa Catarina sob o número 10.777 - PRB-SC.

Pastor evangélico, homem íntegro que só tem lutado pelo bem estar do próximo, e tem bons projetos para o povo. Confira em seu Orkut: Pastor Napoleão Bonaparte.

domingo, 11 de julho de 2010

Falamos de Cristo

Ele pode curar qualquer ferida
Sylvia Erbolato Christensen

A Liahona, Julho de 2010, p. 10

   Aconteceu em 16 de dezembro de 1991 — nosso oitavo aniversário de casamento. Naquele dia, nosso primeiro filho faleceu em consequência das ações de uma babá. Ele tinha apenas dois meses e meio de idade.
   Os meses e anos seguintes foram marcados por tristeza, raiva, decepção e desespero. O redemoinho que me envolveu trouxe uma dor indescritível. Nada que alguém dissesse ou fizesse era capaz de amenizar meu sofrimento.
   Li muitos livros e escrituras, mas nada satisfazia minha busca desesperada de respostas.
   Tive a rara oportunidade de conversar com o Élder James E. Faust (1920– 2007), na época membro do Quórum dos Doze Apóstolos, devido à amizade que meus pais tinham com ele. (Ele conhecera minha mãe, Flávia, e a família dela ao servir como missionário no Brasil.) Eu tinha certeza de que o Élder Faust conseguiria consolar-me. Fiz muitas perguntas e ele as ouviu com toda a paciência. O Élder Faust reconheceu que o que me sobreviera fora certamente doloroso e dificílimo. Usou várias escrituras e falou da necessidade de lidar com meu pesar e submeter-me totalmente à vontade do Senhor, a fim de voltar um dia ao convívio de meu filho. Ele disse: “Sylvia, agora é com você. Percebo que está preocupada com seu filho, mas na verdade deveria preocupar-se consigo mesma e achar uma forma de reconstruir sua vida. Não será fácil, mas você pode curar o coração por meio da Expiação de Jesus Cristo”.
   Em seguida, deu-me uma bênção para que eu conseguisse compreender o papel vital que Jesus Cristo desempenha em nossa existência e permitisse que Ele fosse a fonte de força de que eu precisava.
   Ao sair dessa entrevista, ainda estava desanimada: seu conselho parecia tão simples, mas ao mesmo tempo tão inatingível. Minha mãe também estava de mãos atadas, pois nada do que me dizia parecia ajudar. Lembro-me de ouvi-la dizer: “Tenha fé e esperança em nosso Salvador e deixe o tempo curar as suas feridas”.
   Em minha jornada pessoal para voltar a sentir alegria, decidi levar a sério o conselho de descobrir o que verdadeiramente significava depositar minha fé no Salvador. As coisas não mudaram da noite para o dia. No entanto, dia após dia e ano após ano, com o auxílio da oração e de um testemunho crescente, passei a saber sem dúvida nenhuma que o Salvador pode curar nossas feridas.
   Tenho ciência de que nem todos têm a oportunidade de ser recebidos por um apóstolo, como eu. Mas todos os homens e todas as mulheres podem ter a oportunidade — e de fato a têm — de conhecer o Salvador e depor seus fardos aos pés Dele. E sim, a presença de Jesus Cristo em nossa vida pode aliviar qualquer dor.
   Sei que ter o Senhor em nossa vida pode trazer alegria a nossa existência. Ele é nosso amigo, nosso mestre e um exemplo de perseverança até o fim. Ele verdadeiramente suportou todas as coisas e sabe o que estamos sofrendo (ver Alma 7:11–12). Sua Expiação proporcionou o milagre de superar as vicissitudes desta vida em preparação para a próxima.
   Sempre serei grata pelas palavras do Élder Faust e de minha mãe. Eles ajudaram-me a perceber que, seja qual for a provação, Jesus Cristo é a fonte constante de apoio e esperança de que disponho. ◼